“Mulher, dupla mulher, há no teu âmago

ocultas melodias ovidianas.”

 

[– Drummond]