Este post é para espantar a depressão pós-férias: coleção de citações do Woody Allen.

 

“Certo dia, atrasei-me ao voltar da escola e meus pais pensaram que eu havia sido seqüestrado. E aí entraram imediatamente em ação: alugaram meu quarto”.

“Como posso acreditar em Deus se, na semana passada, prendi a língua no rolo de minha máquina de escrever?”

“É agradável, de tempos em tempos, tentar imaginar o que teria sido a existência se Deus tivesse conseguido um orçamento e roteirista melhores”.

“E se tudo for uma ilusão e nada existir? Nesse caso, não há dúvida de que paguei demais por aquele carpete novo”.

“Em Viena, em 1906, por cinco dólares você podia ser analisado pelo próprio Freud. Por dez dólares, Freud deixaria que você o analisasse. E, por quinze dólares, ele não apenas o analisaria como passaria suas calças a ferro”.

“Eu era muito jovem para ter um carro. Então transava com as moças no banco de trás de minha bicicleta”.

“Faço análise há trinta anos e a única frase inteligente que já ouvi do meu analista é a de que preciso de tratamento”.

“Finalmente tive um orgasmo. Mas o médico me disse que era do tipo errado”.

“Fiz um curso de leitura dinâmica e li ‘Guerra e Paz’ em vinte minutos. Tem a ver com a Rússia”.

“Fui criado na velha tradição judaica: nunca me casar com uma mulher gentia, nunca me barbear aos sábados e, principalmente, nunca barbear uma mulher gentia aos sábados”.

“Há uma lei em Nova Iorque segundo a qual só se concede um divórcio no caso de adultério de um dos cônjuges. Bem, eu me ofereci para a tarefa”.

“Juro que não sabia que Hitler era nazista. Durante muito tempo pensei que ele trabalhasse para a companhia telefônica”.

“Mais do que em qualquer outra época, estamos numa encruzilhada. Um dos caminhos leva à catástrofe e ao mais terrível desespero. O outro leva à extinção total. Vamos rezar para que façamos a escolha certa”.

“Meu pai trabalhou na mesma empresa durante doze anos. Eles o demitiram e o substituíram por uma maquininha deste tamanho, que faz tudo o que o meu pai fazia, só que muito melhor. O deprimente é que minha mãe também comprou uma igual”.

“Meus pais não tinham dinheiro para me comprar um cachorro. Então me levaram a uma loja de animais e me compraram uma pulga. Eu a chamava de Manchinha”.

“Meus reflexos não são muito bons. Certa vez fui atropelado por um carro que estava sendo empurrado por dois sujeitos”.

“Minha primeira mulher era muito infantil quando nos casamos. Um dia, eu estava tomando banho na banheira e ela afundou todos os meus barquinhos sem o menor motivo”.

“Minhas notas na escola variaram de abaixo da média a abaixo de zero. Fui reprovado no exame de Metafísica. O professor me acusou de estar olhando para a alma do rapaz sentado ao meu lado”.

“Na Califórnia não se joga o lixo fora. Eles o reciclam na forma de programas de TV”.

“Não apenas Deus não existe, como tente encontrar um encanador num fim de semana”.

“Não despreze a masturbação – é fazer sexo com a pessoa que você mais ama”.

“O crime organizado na América rende 40 bilhões de dólares. É muito dinheiro, principalmente quando se considera que a Máfia quase não tem despesas de escritório”.

“O mundo se divide em pessoas boas e pessoas más. As pessoas boas têm um sono tranqüilo. As pessoas más se divertem muito mais”.

“Por que Deus não fala comigo? Se Ele pelo menos tossisse!”

“Por que escovar os dentes quatro vezes ao dia e fazer sexo duas vezes por semana? Por que não o contrário?”

“Quando comecei a escrever, tentei vender a história de minha vida sexual para uma editora. Eles a compraram e a transformaram num joguinho de armar para crianças”.

“Quando eu era pequeno, meus pais descobriram que eu tinha tendências masoquistas. Aí passaram a me bater todo dia, para ver se eu parava com aquilo”.

“Se Deus existe, por que Ele não me dá um sinal de Sua existência? Como, por exemplo, abrir uma bela conta em meu nome num banco suíço”.

“Se eu acho que sexo é sacanagem? Só quando é bem feito”.

“Todas as minhas tentativas de suicídio foram um fiasco. Eu vivia abrindo as janelas e fechando o gás”.

“Tomar banho é esnobismo”.

“Talvez os poetas estejam certos. Talvez o amor seja a única resposta.”

“O sexo alivia as tensões. O amor as provoca.”

“Talento é sorte. A coisa importante na vida é ter coragem.”

“A tradição é a ilusão da permanência.”

“Sinto que sexo é uma coisa linda entre duas pessoas. Entre cinco é fantástico!”

“Para você eu sou um ateu; para Deus, sou a Oposição Leal”.

“Você pode viver até os cem anos se abandonar todas as coisas que fazem com que você queira viver até os cem anos.”.

“Não posso escutar muito Wagner. Fico com vontade de invadir a Polônia”.